Bolsa família : Dicas para não perder o benefício

0
345


Bolsa família: O programa bolsa família foi criado pelo Governo Federal, a fim de auxiliar as famílias mais pobres, com um salário para se sustentarem, e assim se manterem. O benefício do programa é pago levando-se em conta o último número no cartão magnético, fornecido para que o beneficiário consiga sacar o dinheiro, aliado a uma data específica para cada dígito.

Lembrando que, somente as famílias em extrema pobreza e situação financeira precária, têm o direito de receberem o bolsa família, incentivando-os assim a sempre buscarem algo melhor, para então outras pessoas terem a oportunidade de usufruírem igualmente do benefício.




Bolsa Família

Quem pode participar do bolsa família

O programa, é destinado a famílias de condições financeiras pobres ou em situações de extrema pobreza no país. Para participarem do bolsa família, é preciso que os interessados realizem um cadastro no CadÚnico (cadastro único), junto à prefeitura ou em uma unidade de atendimento específica.

Após uma análise, o sistema processa as informações e determina a veracidade destas, para que o cidadão esteja mesmo apto a receber o benefício.  

Confira todos os requisitos do programa:

– Destinado a famílias em extrema pobreza, que recebam 85 reais mensais por pessoa;

– Famílias pobres, que recebam entre 85 e 170 reais mensais por pessoa;

– Famílias pobres, que sejam compostas por gestantes, crianças e adolescentes de até 17 anos;

– As crianças e adolescentes de até 15 anos de idade, devem obrigatoriamente possuírem uma frequência escolar de 85%;

– Os adolescentes de 16 e 17 anos, devem possuir uma frequência escolar de 75%;



Publicidade


– Crianças e adolescentes, devem estar com o cartão de vacinação em dia;

– As gestantes devem fazer o acompanhamento do pré-natal;

– As lactantes com idade de 14 a 44 anos, devem ter acompanhamento médico frequente;

– As crianças de até sete anos, devem ter o desenvolvimento acompanhado por um médico;

– Não é permitido que crianças e adolescentes com até 15 anos de idade, façam algum tipo de trabalho infantil;

– O recadastro para o bolsa família deve ser feito a cada dois anos;

– É preciso apresentar o CPF, um documento de identidade, certidão de nascimento ou casamento, carteira de motorista e carteira de trabalho, para realizar o cadastro ou recadastro no bolsa família.

Valores dos benefícios

Os valores pagos beneficiários do bolsa família, podem ser de 39, 46, 89 até 372 reais mensais, dependendo do número de membros da família, e da necessidade destes.

Sempre que julgar necessário, um representante da família beneficiada com o programa, pode tirar as suas dúvidas na prefeitura de sua cidade ou nas unidades credenciadas, a fim de garantir o melhor para a sua família, sem nenhuma irregularidade.

As principais irregularidades ocorrem quando, sem precisarem do benefício, pessoas recebem os valores mensais referentes ao bolsa família.

Cabe a cada um mensurar a sua necessidade familiar, e por causa disso, existem muitas pessoas que precisam muito mais dos recursos sociais oferecidos do que outras, com melhores condições.

Bolsa Família

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here