CNH digital não precisa mais de ida ao DETRAN para ser emitida

0
991


CNH Digital  :  As pessoas que fizeram sua carteira de motorista a partir do mês de maio de 2017 têm a possibilidade de usar a versão digital do documento. Ela é feita via smartphone e é aceita como identificação da mesma forma que a CNH impressa, até mesmo em caso de blitz policial.

Para quem não tem tanta familiaridade com a tecnologia, esse processo pode parecer difícil, mas não é: basta que o cidadão já tenha a CNH comum e que seu celular seja Android ou IOS.




Por que não há mais necessidade de ir ao DETRAN?

Até o final de dezembro, as pessoas que solicitavam a CNH digital tinham de ir ao DETRAN antes de ela ser liberada a fim de comprovar suas informações virtuais. Esse procedimento era usado para impedir que emissões fraudulentas fossem feitas, mas já está em desuso.

Agora, a pessoa só precisa que a câmera do seu smartphone esteja ativada para usar o sistema de reconhecimento facial. Tudo é bem dinâmico: não basta ficar na frente da câmera, pois isso poderia ser fraudado com uma foto. O DETRAN solicitará que a pessoa faça certos movimentos para comprovar que ela é real.

Como fazer a carteira de motorista digital?

É necessário acessar a loja de aplicativos do IOS ou do Android e escrever “Carteira Digital de Trânsito” na busca. Depois, faz-se o download e, abrindo o app, coloca-se o QR Code (que está na CNH impressa) na frente da câmera. Em seguida, seguem-se as orientações do sistema, inclusive os movimentos para o reconhecimento facial.



Publicidade


A carteira de motorista digital é confiável?

Com certeza: as informações contidas na CNH física e na virtual são as mesmas e elas compartilham a data de validade também. A versão digital é de graça e é bem menos provável que o motorista se esqueça do celular: com isso, problemas legais por estar sem a carteira de motorista são reduzidos.

Depois de dezembro de 2018, emitir a CNH digital se tornou ainda mais vantajoso por não ser preciso encarar o atendimento presencial no DETRAN, que era demorado em determinadas épocas.

Como conseguir a carteira de motorista digital sem riscos

O primeiro cuidado é colocar um antivírus no smartphone antes de baixar o app Carteira Digital de Trânsito. Esse antivírus tem de estar atualizado para impedir que hackers fiquem sabendo o número da CNH e outros dados.

Mais uma precaução é conferir se o aplicativo foi feito pelo Serviço Federal de Processamento de Dados: para isso, é preciso aparecer a sigla SERPRO. Essa é a instituição pública responsável por fazer as carteiras de motoristas digitais e qualquer desenvolvedor diferente é fraudulento.

Infelizmente, alguns cidadãos não entendem como ter esse documento fraudado pode ser perigoso, achando que a preocupação deve ser apenas com o RG ou CPF. Uma vez que a carteira de motorista é um documento de identificação, é indispensável protegê-la de fraudadores que poderiam envolver o nome do cidadão em diversas ações criminosas.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here